Quase 5.000 participam da abertura da 78ª Soea em Gramado

Aproximadamente 5.000 pessoas, entre profissionais e convidados, participaram na noite desta terça-feira (8), da abertura da 78ª edição da Semana Oficial de Engenharia e de Agronomia (Soea), que acontece em Gramado (RS). A solenidade que marcou o início do evento, que prossegue até esta sexta-feira (11), contou com a presença de diversas autoridades, além de apresentações culturais, como o funcionário do Crea-RS, Luiz Jacomini Righi que, com 45 anos de Casa, interpretou o hino do estado.
O evento reuniu milhares de pessoas, entre profissionais, lideranças, autoridades nacionais e internacionais que lotaram o Centro de Convenções Serra Park. No ano em que o Sistema Confea/Crea completa nove décadas de existência, a cidade sedia pela terceira vez a Soea – a última vez foi há exatos dez anos. A Semana já foi hospedada oito vezes no Rio Grande do Sul.

Saudando o público de 5 mil credenciados, o presidente do Confea, eng. civ. Joel Krüger, ressaltou o conteúdo robusto e inovador desta edição da Soea. “Serão excelentes palestras, como a que será proferida pelo vencedor do Prêmio Nobel da Paz e do Prêmio Mundial da Alimentação, o paquistanês radicado nos Estados Unidos Rattan Lal, cientista que está entre os 2% mais influentes no mundo”, adiantou parte da programação que reúne cerca de 120 palestras.
Aos profissionais registrados e lideranças políticas, Krüger apresentou os avanços conquistados pela atual gestão em prol da categoria. Entre elas, a instituição da Frente Parlamentar Mista das Profissões do Sistema Confea/Crea e Mútua. “Tivemos assinatura de 240 congressistas, o que representa a força de mais de 40% do Parlamento, com quem queremos discutir os grandes projetos que são de interesse das nossas profissões, mas principalmente são de interesse do Brasil, da soberania nacional e do desenvolvimento tecnológico”, afirmou.

Presidente do Confea, eng. civ. Joel Krüger

Investimento em capacitação de funcionários e ações fiscalizatórias demonstra o aprimoramento dos serviços do Sistema. “Fiscalização é o nosso DNA, por isso criamos uma gerência especializada nessa área e realizamos seminários regionais”, comentou. Liberação de recursos para os Creas aprimorarem estruturas e as entidades de classe promoverem publicações e eventos técnico-científicos foram iniciativas de sucesso. O Confea avançou também nos acordos com outros países, como pontuou o presidente. “Trabalhamos muito com a questão da mobilidade e certificação profissional, atuando em parceria com a Ordem de Engenheiros de Portugal, a Federação Mundial de Organizações de Engenharia, o Conselho das Associações Profissionais de Engenheiros Civis dos Países de Língua Oficial Portuguesa e Castelhana e o Conselho Mundial de Engenheiros Civis.”

Ainda no cenário internacional, o Conselho assumiu o compromisso com a Organização das Nações Unidas (ONU). “Estivemos recentemente na instituição para debater tecnicamente o futuro da Agenda 2030 e seus 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que têm relação direta com as áreas abrangidas pelo Sistema”, relatou.

Atento às demandas profissionais, o Sistema abraçou a pauta equidade de gênero e, desde 2019, vem dedicando atenção especial ao Programa Mulher. “Quando o projeto foi implementado, as conselheiras titulares representavam 11%; hoje são 15%, e queremos que esse número aumente ainda mais”, afirmou, anunciando que o desafio lançado na Soea do ano passado está sendo cumprido com êxito. “Das 27 unidades federativas, 20 já têm entidades de mulheres profissionais e recentemente foi instituída a Federação de Associações de Mulheres da Engenharia, Agronomia e Geociências (Fameag), presidida pela engenheira civil Poliana Krüger”, celebrou o presidente do Federal.

Presidente do Crea-RS, eng. amb. Nanci Walter

A anfitriã e presidente do Crea-RS, eng. amb. Nanci Walter, saudou os participantes da 78ª Soea e comentou a expectativa em realizar o evento após dez anos da última edição no estado do Rio Grande do Sul. “Estamos novamente recebendo o maior evento das nossas atividades, agora sob o olhar do empreendedorismo, onde a tradição e a inovação entram em campo e se materializam. Então, mostremos valor e constância para colocar no centro das atenções nesta Soea legislação, atribuições, inovação, soluções técnicas, qualidade de vida e segurança para a sociedade”, disse.

Nanci complementou ainda que “o momento é de despertar profissionais, mercado de trabalho e sociedade para o grau de emergência das ações de estratégia ambiental, social e de governança dentro dos projetos do ESG e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs), da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), que devem ser adotadas não mais como tendências, mas como prioridades.”

O presidente da Federação Mundial de Organizações de Engenharia (Fmoi), eng. José Vieira, incentivou a comunidade científica e técnica a reforçar a atuação para melhorar a vida das pessoas no mundo, a partir de soluções para urbanização, desenvolvimento sustentável e disseminação de tecnologia de informação e comunicação acessível. “Devemos reconhecer a forte relação entre infraestrutura, crescimento econômico e qualidade de vida das populações para que se encontre o papel crucial que a inovação pode desempenhar para melhorá-las.”

O representante da entidade internacional, que hoje reúne três milhões de profissionais, seguiu pontuando os caminhos possíveis para atender às demandas dos povos. “Estou convencido que combinando forças e conhecimento da Engenharia global e da comunidade científica seremos capazes de encontrar soluções e medidas para melhorar a infraestrutura, reduzir a pobreza e enfrentar os desafios do aquecimento global e das alterações climáticas”, apostou a liderança que, na ocasião, foi homenageada pelo presidente do Confea.

“O engenheiro José Vieira desenvolve um trabalho brilhante em prol da mobilidade profissional, com foco na formação, acreditação e certificação. Isso é feito em diversos países para integração da Engenharia, que não tem fronteiras”, reconheceu o eng. civ. Joel Krüger, ao entregar placa de homenagem a Vieira pelos relevantes serviços prestados em favor do aperfeiçoamento da profissão.

Durante a cerimônia, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, abordou a importância da Política de Governança Pública, instituída em 2017, enfatizando o papel fundamental dos engenheiros como líderes naturais, capazes de direcionar, monitorar e avaliar a governança das instituições públicas. “Assim como convidei os governadores, estendo o convite aos presidentes de Creas para a implantação da governança, que não é apenas um projeto de governo, mas sim um projeto de estado”, defendeu Nardes. O ministro manifestou contar com o apoio do Sistema para difundir essa iniciativa na Fmoi e na Upadi, visando ganhar reconhecimento internacional, inclusive no projeto de Auditoria Mundial do Clima para avaliar ações relacionadas às mudanças climáticas.

Ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes

Por fim, Nardes convocou o Sistema para participar ativamente da criação de uma política de infraestrutura para o país. “O Brasil encontra-se em 71º lugar entre as 141 nações no ranking de competitividade Global, de acordo com o Fórum Econômico Mundial. Precisamos melhorar essa posição, e conto com o apoio do Sistema Confea/Crea para alcançarmos esse objetivo”, afirmou o ministro. Na ocasião, o presidente Joel informou que a governança já está incorporada ao Sistema Confea/Crea. “Nós vamos discutir no Brasil e na América Latina esse modelo de governança e a política de infraestrutura. Aproveito para anunciar que será tema de painel para a próxima Soea e quem sabe poderemos contas com a presença dos ministros do TCU”, indagou Joel.

A secretária do Meio Ambiente e Infraestrutura do Rio Grande do Sul, eng. ftal. Marjorie Kauffmann, destacou a desafiadora missão da Pasta em conciliar desenvolvimento e proteção ambiental, além de reforçar que isso só se faz com muita engenharia e técnica. “Para essa missão precisamos de conhecimentos inovadores, como os que a 78ª Soea nos apresenta em temas como cadeia de descarbonização, transição energética e outras iniciativas que são condicionantes para o desenvolvimento sustentável mundial”, finalizou Kauffmann.

O vice-prefeito de Gramado, Luia Barbacovi, representando nesta ocasião o prefeito da cidade, Nestor Tissot, em sua fala de saudação desejou aos participantes da 78ª Soea um excelente evento e que todos possam usufruir do acolhimento da comunidade gramadense, mas acima de tudo, absorvam mais energia para continuar colaborando para o desenvolvimento financeiro. “Que vocês retornem para suas cidades e seus estados, com muito conteúdo para contribuir para o crescimento do país”, finalizou Barbacovi.

A presidente da Frente Parlamentar Mista das Profissões do Sistema Confea/Crea e Mútua, a deputada e engenheira agrônoma Marussa Boldrin (MDB-GO), reiterou o compromisso com a categoria. “A Câmara Federal é a casa do povo para representá-los. Contem conosco”, afirmou a parlamentar, reconhecendo o papel dos profissionais. “O país é rico em ideias e culturas; precisamos valorizar isso, mostrando que os engenheiros têm sua função prioritária para o desenvolvimento cada vez maior do Brasil.”

O deputado federal Afonso Hamm (PP-RS), destacou a criação da frente mista na Câmara dos deputados e senado defendendo o Sistema Confea/Crea e Mútua. Além de apoiar o PL 617/2019 que visa para modificar a destinação de receitas arrecadadas pelos Conselhos Regionais de Engenharia e Agronomia, para associações, fortalecendo assim as entidades de classe do sistema. “O que faz o Confea, Crea é justamente valorizar o profissional, fiscalizar esses profissionais e as nossas associações tem o direito de forma automática reter 10% da ART para que essa associação possa mobilizar os profissionais de todas as categorias”, disse o deputado.

A deputada estadual Adriana Lara, representante da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, ressaltou que essa semana fará história e impactará o Brasil com o que será produzido e apresentado. A parlamentar aproveitou para falar de uma realidade vivida pelos moradores de Bagé (RS). “Nós sofremos com a falta d’água há mais de 3 décadas, porque não tínhamos reservatório”. Adriana Lara disse que a construção da nova barragem, que irá resolver o problema, contou com o apoio do Crea-RS. “Gostaria de dar o meu louvor à presidente Nanci e ao Crea do Rio Grande do Sul” e acrescentou parabenizando a todos os profissionais do país. “Um abraço saudoso a todos os profissionais que constroem um Brasil honesto, livre e seguro para que todos nós possamos viver”.

Ao correlacionar o Sistema Confea/Crea e Mútua com a instituição do Corpo de Bombeiro Militar o eng. civ. e Coronel Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul, Eduardo Estevam Camargo Rodrigues, muito orgulhoso enfatizou que “estamos caminhando em direção ao que este evento se propõe e criar um ambiente propício ao desenvolvimento, à inovação, ao empreendedorismo e à sustentabilidade”.

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí (Crea-PI) e coordenador do Colégio de Presidentes, Ulisses Filho, falou da gratificação em participar da 78ª Semana, não pelo número de pessoas, mas pelos temas atuais, modernos e práticos. “Acreditamos que teremos grandes discussões que, com certeza, vão enriquecer as discussões em cada estado da federação”, disse. O coordenador também ressaltou que isso é reflexo de uma gestão preocupada com a sustentabilidade.” Tivemos a sorte de termos à frente dos 27 Creas bons presidentes e bons gestores”.

O diretor-presidente da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea (Mútua) , o eng. agr. Francisco Almeida, destacou que mais de 70% dos profissionais presentes já são associados à Mútua, e fez um convite aos que ainda não são. “Convidamos esses profissionais para que conheçam, em nosso estande, todos os nossos benefícios e passem a fazer parte da Caixa de Assistência. Venham conhecer a nova Mútua, de acolhimento e pertencimento”, disse ele.

Além de representantes regionais do Sistema, também prestigiaram a cerimônia lideranças de entidades de classe internacionais, autoridades políticas estaduais, reitores e diretores de empresas do setor. Amanhã, a programação será retomada às 9h com a premiação Láurea ao Mérito, como antecipou o presidente Krüger. “Iremos homenagear profissionais que trabalham a vida inteira em benefício das nossas profissões e da sociedade”, enalteceu, convidando o público a prestigiar os laureados. Confira a programação completa da Semana Oficial aqui. Confira a programação completa e acompanhe ao vivo as transmissões. 

Fonte: Confea

Notícias Relacionadas

Deixar uma resposta