Qualidade do ar é tema de conferência pan-americana nesta quinta-feira

Na próxima quinta-feira (24/3), 22 países da América participarão da conferência virtual “A qualidade do ar interior e os procedimentos de manutenção dos sistemas HVAC-R, no marco do padrão de qualidade do ar”. Promovido pela Confederação Pan-Americana de Engenharia Mecânica e Elétrica e Ramos Afins (Copimera), o evento será realizado, no fuso horário de Brasília, às 18h.

Inscreva-se

Na conferência será apresentada a importância de se conhecer e implantar os procedimentos de manutenção do sistema HVAC-R, a fim de garantir uma segura qualidade do ar interior. Será apresentada também a norma ANSI/ASHRAE 62.1-2019, com foco na importância da ventilação correta e outras medidas para proporcionar as condições de uma ótima climatização de espaços ocupados.

A presidente da Associação Brasileira de Engenharia Mecânica – seção do Rio de Janeiro (Abemec-RJ), eng. quím. Christiane Rodrigues Lacerda, ministrará a palestra. Formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Christiane tem MBA em Direção Estratégica e Econômica de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP), é especialista em Qualidade e Contaminação do Ar em Ambientes Interiores pela Universidade de São Paulo (USP) e tem mais de 25 anos de experiência em tratamento químico de sistemas de refrigeração por água. O currículo completo de Christiane está disponível abaixo.

Copimera

Fundada em 1991 e composta por 25 países, a Copimera promove o debate construtivo com espírito crítico, a fim de deixar um legado importante para as gerações atuais, visando aos seguintes objetivos:

  • Estabelecer e fortalecer redes de profissionais e especialistas em temas de interesse internacional, relacionados às indústrias mecânica, elétrica, industrial, eletrônica, de telecomunicações, informática, química, petrolífera e conexa, atualizando e compartilhando conhecimentos e experiências.
  • Promover o espírito empreendedor entre os engenheiros pan-americanos para a geração de negócios internacionais, em áreas como consultoria, comércio e indústria, visando melhorar a qualidade de vida.
  • Promover a melhoria individual, o desenvolvimento integral e a conversão de seus engenheiros em líderes que promovam a transformação do país.
  • Colaborar com a integração dos setores profissional, acadêmico, público e privado em cada um dos países de modo que, por meio de um esforço conjunto e de um pensamento estratégico, possam ser tomadas medidas positivas para o desenvolvimento socioeconômico.
  • Gerar diretrizes para políticas públicas com vistas à criação de condições responsáveis para o desenvolvimento sustentável.

Fonte: Confea

Notícias Relacionadas

Deixar uma resposta