Brasília sedia o 3º Fórum Mundial Niemeyer

Criado com objetivo de fortalecer o papel da capital brasileira como um laboratório vivo de ideias urbanísticas e arquitetônicas, Brasília sediará, entre 29 de abril e 3 de maio, a 3ª edição do Fórum Mundial Niemeyer. O evento, é uma iniciativa do arquiteto e artista plástico Paulo Sergio Niemeyer Makhohl, bisneto do renomado arquiteto Oscar Niemeyer e contará com a participação da presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU-BR), Patrícia Sarquis Herden, nas discussões sobre “A Revolução Pós-Desafios e Metas para um Mundo Sustentável”.
O Fórum visa o fortalecimento do papel da capital brasileira como um laboratório vivo de ideias urbanísticas e arquitetônicas. Será um catalisador de práticas e ações de relevância global nas áreas de arquitetura, design, urbanismo, ciência, cultura e humanidades. Em um ano que marca o 115º aniversário de Oscar Niemeyer, o evento concentrará suas discussões nos desafios enfrentados pelas cidades contemporâneas, especialmente aquelas em nações em desenvolvimento. 

A iniciativa promete trazer à tona debates fundamentais sobre excelência e responsabilidade na construção do futuro das cidades. Além disso, o fórum buscará discutir os caminhos do Brasil pós-pandemia, destacando a importância da arquitetura e do urbanismo na construção de um país mais resiliente e inclusivo.
O evento não só homenageará o legado de Niemeyer, mas também deixará sua própria marca na história da arquitetura e do urbanismo. Um dos pontos altos será a criação da Carta Niemeyer, documento que consolidará os principais compromissos e diretrizes discutidos durante o fórum, visando orientar práticas futuras em prol de cidades mais sustentáveis e humanas.
Além das discussões e painéis, o Fórum  contará com uma programação cultural diversificada, incluindo a exibição do documentário inédito “A Última Viagem de Niemeyer”, produzido por Paulo Niemeyer. O filme oferece um olhar íntimo e revelador sobre os bastidores da última visita de Oscar Niemeyer a Brasília, proporcionando uma reflexão sobre seu legado e sua influência na construção da identidade arquitetônica brasileira. O evento receberá não apenas especialistas e profissionais da área, mas também todos aqueles interessados em contribuir para a construção de um futuro mais sustentável e inclusivo para as cidades ao redor do mundo. 

Fonte: CAU-BR

Notícias Relacionadas

Deixar uma resposta