Concurso nacional unificado tem vagas para arquitetos e urbanistas com salários de até R$13 mil

Os arquitetos e urbanistas que planejam uma carreira no serviço público já podem começar a se preparar. O Concurso Público Unificado (CPNU), prevê 78 vagas para estes profissionais. Ao todo serão mais de 6.000 vagas para 21 órgãos públicos federais. Os salários variam entre R$ 6,6 mil a quase R$ 13 mil.
A maior quantidade de vagas está justamente nessa maior faixa salarial, no cargo de Analista de Infraestrutura do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI). Além disso, os servidores públicos federais contam com benefícios como auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio-creche, assistência à saúde, plano de carreira, estabilidade, entre outros.

Profissionais registrados no CAU podem concorrer aos seguintes órgãos: Advocacia Geral da União (AGU), Fundação Nacional dos Povos Indígenas (FUNAI), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) e Ministério da Saúde (MS). Os candidatos interessados em concorrer às vagas de Arquitetura e Urbanismo devem se inscrever no edital do Bloco 1. A taxa de inscrição é de R$ 90 e as inscrições estarão abertas entre 19 de janeiro e 9 de fevereiro, no site do CPNU.

 

Órgão Cargo Vagas Salário
AGU Arquiteto 5 R$ 7.736,77
FUNAI Especialista em Indigenismo – Arquitetura 1 R$ 7.697,02
IBGE Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas – Arquitetura 1 R$ 8.453,00
MGI Analista de Infraestrutura (AIE) – Arquitetura 55 R$ 12.982,20
MGI Arquiteto 14 R$ 6.804,55
MS Tecnologista – Engenharia Civil ou Arquitetura 2 R$ 6.662,68
Total 78

O CPNU é um modelo inovador de seleção de pessoas para ingresso no serviço público, que consiste na aplicação centralizada e simultânea de provas em todos os Estados e no Distrito Federal. O objetivo é o preenchimento de vagas em vários cargos públicos efetivos, em diferentes áreas de atuação. A prova do CPNU será realizada no dia 5 de maio, em 220 cidades, localizadas em todas as unidades da Federação.

Fonte: CAU-SP

Notícias Relacionadas

Deixar uma resposta