Em 89 anos, pela primeira vez Crea-SP tem uma mulher eleita para a presidência

Em 89 anos de existência do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de São Paulo (Crea), pela primeira vez uma mulher foi eleita para a presidência, para comandar o destino de uma das mais respeitadas instituições profissionais. A partir de janeiro próximo, a engenheira civil Lígia Marta Mackey, sucede ao engenheiro Vinicius Marchese no comando da entidade.
O Sistema Confea/Crea foi criado pelo Decreto-lei nº 23.569, de 11 de dezembro de 1933, pelo presidente Getúlio Vargas. O Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura de São Paulo, como foi chamado inicialmente, foi instituído no dia 23 de abril de 1934.
No pleito realizado dia 17 de novembro, mais de 22 mil profissionais da área tecnológica de São Paulo votaram nas eleições do Sistema Confea/Crea, elegendo a primeira mulher para a presidência do Crea-SP. Lígia Marta Mackey recebeu 67% dos votos válidos, sendo a escolhida entre 14.687 eleitores, conforme apuração anunciada pela Comissão Eleitoral Federal (CEF) em transmissão on-line que aconteceu no canal do Confea no YouTube logo após o pleito.Formada pela Escola de Engenharia de Piracicaba (EPP) da Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba (FUMEP), Lígia foi vice-presidente do Conselho paulista em 2022 e assumiu a liderança por um período de seis meses, quando o presidente Eng. Vinicius Marchese esteve licenciado. Apesar disso, a autarquia nunca havia elegido uma mulher para a função em praticamente 90 anos de história. “É um momento único, com certeza. Para o Crea-SP e para mim. Me sinto honrada em ter o aval da maioria dos profissionais para continuar esse trabalho tão importante de inovação que vem transformando os serviços do Conselho e toda a nossa cultura organizacional”, afirma.
Atual presidente do Crea-SP e eleito para comandar o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), a partir de janeiro,  o egenheiro Vinicius Marchese destaca que Lígia Mackey conhece muito bem o Crea-SP, como integrante do Sistema e enquanto profissional. “Tem total capacidade de presidir o Conselho e nos mostrou isso ao vencer essas eleições. Temos a garantia de que as profissões seguirão sendo prioridade”, comenta.
Na bagagem para o desafio, a nova presidente do Crea-SP soma passagens pela Associação de Engenharia, Arquitetura, Agronomia e Geologia de Rio Claro (AERC), onde foi presidente por dois mandatos; pela União das Associações de Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos da Baixa e Média Mogiana (UNABAM), em que foi coordenadora; e pela diretoria de Entidades de Classe do Conselho. A posse da engenheira Ligia Mackey será em janeiro de 2024.

Fonte: Crea-SP

Notícias Relacionadas

Deixar uma resposta