O Futuro das Redes Sem Fio: Entendendo o Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E

Estamos vivendo um novo momento tecnológico, com a utilização de diversos dispositivos conectados a redes sem fio. Um exemplo são os smartphones, claro, que se valem do Wi-Fi para coletar e transmitir informações, inclusive gerando atividades dentro de aplicativos. Agora, falamos em Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E, citando tecnologias que podem superar as limitações das gerações anteriores, como Wi-Fi 5 (802.11ac), redefinindo a conectividade em todos os setores.

O que é Wi-Fi 6?

A versão de Wi-Fi chamada de Wi-Fi 6 oferece velocidades bem mais impressionantes, algo em torno de 9,6 Gbps, opera em frequências de 2,4 GHz e 5 GHz, e utiliza tecnologias como MU-MIMO para lidar com múltiplos dispositivos simultaneamente. Ela também fornece uma capacidade superior para conexão de mais dispositivos em uma mesma rede de Internet, sem o risco de perda de desempenho. Além disso, apresenta eficiência energética aprimorada e segurança reforçada com o WPA3.

O que é Wi-Fi 6E?

Agora, vamos falar sobre o Wi-Fi 6E. Essa versão é uma extensão do Wi-Fi 6 e opera na faixa dos 6 GHz. Traduzindo, ela amplia ainda mais as possibilidades. Por exemplo, uma largura de banda maior e menor congestionamento na rede. Sem contar que esse Wi-Fi pode suportar velocidades de até 10 Gbps, um cenário perfeito para ambientes com muitos usuários ou demanda por alta capacidade, como empresas de Engenharia com nuvem computacional e indústrias com automação avançada´- a exemplo das fábricas com veículos autônomos e robôs.

Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E
Imagem reproduzida Sou de Canoas

Qual mais benéfico: Wi-Fi 6 ou Wi-Fi 6E?

A saber, pensando em empresas que utilizam aplicações de vídeo e voz, por exemplo, o upgrade para Wi-Fi 6 ou 6E seria essencial, trazendo grandes benefícios em termos de desempenho e produtividade. Especialmente o Wi-Fi 6E é o mais indicado para ambientes como estádios, feiras comerciais, universidades, etc. E o Wi-Fi 6? Bem, ele já pode ser usado para ambientes com menos demanda, mas ainda com muitos dispositivos conectados.

wi-fi
Imagem reproduzida de Cisco

As implicações do Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E para as empresas?

Como bem sabemos, existe hoje uma necessidade urgente de substituição completa das redes cabeadas tradicionais por redes por conexão sem fio. Até porque usamos hoje muito mais dispositivos conectados nas redes, o que já impulsionou a transição de IPv4 para IPv6, que elevou a capacidade de endereçamento. É aí que entram as tecnologias de Wi-Fi 6 e 6E. Com uma qualidade de conexão superior, pode-se produzir mais tarefas na Internet, com melhores experiências de usuário e segurança de dados.

Fonte: www.engenharia360.com.br

 

 

Notícias Relacionadas

Deixar uma resposta