Sorocaba prossegue com vacinação contra Covid-19 e gripe

As campanhas de vacinação contra a Covid-19 e gripe (Influenza) prosseguem nesta semana em Sorocaba. Nesta segunda (4), quarta (6) e sexta-feira (8), vários públicos serão vacinados contra a Covid-19. Na terça (5) e quinta-feira (7), os grupos prioritários recebem o imunizante contra a gripe. Já a vacinação contra o sarampo terminou, mas o imunizante está disponível para crianças de 6 a 11 meses todos os dias.

As vacinas são fornecidas nas 33 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade, das 9h às 15h, nos dias indicados. O município continua a seguir o calendário vacinal misto. Por isso, as ações de imunização ocorrem em diferentes dias da semana. Nesta segunda (4), quarta (6) e sexta-feira (8), públicos-alvo específicos podem tomar a vacina contra a Covid-19. Confira a lista:

1ª e 2ª doses da Pfizer pediátrica para crianças de 5 anos e imunossuprimidos de 6 a 11 anos;

1ª e 2ª doses da da Coronavac para a população de 6 a 17 anos;

3ª dose da Coronavac para a população de 12 a 17 anos, incluindo gestantes e puérperas (exceto imunossuprimidos);

4ª dose da Coronavac para gestantes e puérperas (exceto imunossuprimidas);

1ª, 2ª e 3ª doses da Astrazeneca para a população a partir de 18 anos;

4ª dose da Astrazeneca para a população imunossuprimida a partir de 18 anos;

4ª dose da Astrazeneca para a população de 40 anos ou mais e profissionais de saúde;

5ª dose da Astrazeneca para a população imunossuprimida com 40 anos ou mais.

Segundo a Secretaria da Saúde (SES), pode haver alteração no fabricante da vacina anticovid informado no calendário. O motivo informado pela pasta é o envio de novas doses por portal do Governo do Estado de São Paulo. A secretaria diz que não há prejuízo algum às aplicações.  Para sem atendidos, adultos e adolescentes precisam apresentar RG, CPF e comprovante de vacinação da dose já recebida. As pessoa com alto grau de imunossupressão devem levar, também, laudo médico. As crianças ainda têm de estar com a carteira de vacinação, documento de idade e o CPF ou cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).

Elas, igualmente, necessitam ir às UBSs com os pais ou responsáveis. No caso de crianças com comorbidades ou deficiências, além desses documentos, é obrigatória a apresentação de comprovante da condição de risco delas (exames, receitas, relatório médico, prescrição médica ou cadastro já existente na UBS). Se quiserem, pais ou responsáveis podem fazer o pré-cadastro de crianças pelo site Vacina Já. Quem não conseguir realizar o cadastramento pela internet poderá efetuá-lo diretamente nas unidades de saúde.

Gripe

Nesta terça-feira (5) e na quinta-feira (7), apenas os grupos prioritários continuarão sendo imunizados contra a gripe. São eles: Crianças a partir de 6 meses, idosos com 60 anos ou mais; profissionais de saúde; gestantes e puérperas; população indígena; comunidades quilombolas; professores, demais profissionais da educação e equipe escolar (merendeiras, auxiliares de educação, administrativos, inspetor de alunos, auxiliar de limpeza, entre outros); caminhoneiros; trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso; trabalhadores portuários; forças de segurança e salvamento; forças armadas; funcionários do sistema prisional; população privada de liberdade e adolescentes e jovens sob medida socioeducativa; pessoas com deficiência; e pessoas com comorbidades.

No momento da vacinação, todas as pessoas devem estar munidas da carteira de vacinação. Professionais de saúde e de educação, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário e portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas e funcionários do sistema prisional têm de apresentar, também, comprovante de vínculo empregatício. As pessoas com deficiência precisam, ainda, levar laudo ou relatório médico.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Notícias Relacionadas

Deixar uma resposta