53 mil sorocabanos ainda não se vacinaram

Quase 53 mil sorocabanos não se vacinaram contra a Covid-19, o equivalente a 8% do munícipes aptos a se vacinar. Não há dados oficiais sobre o número de pessoas que ainda não tomaram nenhuma dose dos imunizantes. A projeção foi realizada pelo jornal Cruzeiro do Sul, com o auxílio de Sarah Tanus, professora de matemática e cálculo da Universidade de Sorocaba (Uniso). A estimativa baseou-se em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Secretaria da Saúde (SES).
As informações disponíveis são as seguintes: 609.221 sorocabanos já tomaram pelo menos a primeira dose da vacina, segundo a Secretaria da Saúde (SES). A cidade tem 695.328 habitantes, conforme estimativas de 2021 do IBGE. Deste total, 36.509 (8%) são crianças de 0 a 4 anos, de acordo com o censo de 2010 do instituto, o mais recente.
A partir desses números, para obter resultado mais próximo da realidade possível, o Cruzeiro do Sul utilizou a fórmula de proporção básica. Com orientação de Sarah, o jornal subtraiu o número de menores de 5 anos do total da população. Isto porque esse público ainda não recebe o imunizante. Assim, sobraram 658.819 pessoas vacináveis. Depois, deste total, foram subtraídos os 609.221 moradores imunizados ao menos com a primeira aplicação. Com isso, o resultado foi de 52.598 sorocabanos ainda não vacinados.

A quantidade é bastante aproximada e pode variar, porque os dados do IBGE estão desatualizados. O número de crianças de 0 a 4 anos pode ter aumentado desde 2010. A informação deveria ter sido atualizada em 2020, por meio do censo. Porém, à época, a pesquisa foi adiada, devido à pandemia, e deve ocorrer este ano. Além disso, a população geral também já pode ter crescido em relação ao ano passado.

Cenário da vacinação

Segundo informou a SES ao Cruzeiro do Sul no dia 4 de fevereiro, 228.343 pessoas não completaram o ciclo vacinal. Destas, 62.179 não tomaram a segunda dose e 166.164, a terceira. Apesar disso, a cidade já aplicou, até o momento, 1.432.368 doses. Deste total, 609.221 são de primeira dose; 526.272, de segunda; 272.965, de terceira; e 8.035, da dose única. Na ocasião, a SES disse não ter dados sobre não vacinados justamente devido à desatualização das informações do IBGE. Considerando apenas o número de primeiras doses, pode-se dizer que a cobertura vacinal no município está em aproximadamente 88%.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Notícias Relacionadas

Deixar uma resposta