AEASMS e AEAS doam 100 cestas básicas ao Fundo Social

 

A diretoria da Associação dos Engenheiros e Arquitetos Servidores Municipais de Sorocaba (AEASMS), em conjunto com a Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Sorocaba (AEAS), realizou, na sexta-feira (16), a entrega de 100 cestas básicas ao Fundo Social de Solidariedade (FSS) do município. As cestas foram arrecadadas junto aos associados e funcionários municipais, durante o mês de junho, dentro da campanha “A Fome não é Fake!”.

Pela AEASMS participaram do ato de entrega o arquiteto André Dias Gonsalves (presidente) e os diretores Mário Killian e Júlio Tadeu Pinto. Os engenheiros Antônio Tadeu e Alessandro Bogila, este acompanhado da mulher, Andréia Domingues da Silva Bogila, representaram a AEAS. Além da primeira-dama e presidente do FSS, Sirlange Frate Maganhato, participaram também o vice-prefeito Fernando Martins da Costa, secretários de Habitação e Regularização Fundiária, Tiago da Guia Oliveira, de Planejamento, Paulo Henrique Marcelo e ainda a diretora de Planejamento Fernanda Marcondes.
Conforme destacou o presidente da AEASMS, a arrecadação w doação dos alimentos foi a forma encontrada pela entidade, em conjunto com a AEAS, de contribuir para com àqueles que estão em dificuldades. “Não poderíamos deixar de nos engajarmos nessa campanha e agradeço a todos que colaboraram, ajudando a amenizar um pouco a situação de muitas famílias que sofrem por conta dos efeitos da pandemia”, afirmou.

A primeira-dama e presidente do FSS, Sirlange Frate Maganhato recebeu e agradeceu a contribuição das entidades, destacando que por meio dessas parcerias é que possibilita amenizar um pouco a situação de milhares de sorocabanos. “Ações como essa nos permite chegar um número maior de pessoas, de famílias que enfrentam dificuldades”, disse.

André Dias Gonsalves afirmou ainda que a atuação junto à sociedade, aos cidadãos, é uma das premissas do Estatuto da AEASMS, entidade fundada em 7 de julho de 2004. Reúne profissionais da área tecnológica em nível Superior – registrados no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea-SP) e no Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) – e que sejam funcionários em caráter efetivo da Prefeitura de Sorocaba – por meio dos órgãos da administração pública direta, indireta, autárquica ou fundacional.

Notícias Relacionadas

Deixar uma resposta