Covid-19: contágio cai mas ainda requer atenção

Sorocaba somou quase 20 mil casos de Covid-19 e 45 óbitos confirmados pela doença em 2023, segundo dados da Prefeitura de Sorocaba. A cidade segue oferecendo as doses da vacina contra a doença, inclusive a primeira dose de reforço da vacina Pfizer Bivalente está disponível para todas as pessoas com 18 anos ou mais, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município. Pelas ruas, em ônibus, unidades de saúde, hospitais e em clínicas já não é tão comum encontrar pessoas que ainda usam máscara de proteção facial, acessório que chegou a ter uso obrigatório em todo o País e no mundo durante a pandemia da doença.

Em Sorocaba, conforme a administração municipal, segue válido, desde 12 de abril de 2023, a recomendação da utilização do equipamento de proteção (máscaras) somente para pessoas imunossuprimidas, gestantes, idosos e portadores de doenças crônicas, em ambientes abertos ou fechados, em que não seja possível manter distanciamento mínimo de um metro.

O Decreto Municipal nº 27.732/23 recomenda, ainda, o uso para profissionais de saúde, em todos os setores de assistência direta aos pacientes sintomáticos respiratórios, e em unidades de atendimento ou combate à Covid-19. Na mesma data, o uso de máscara foi flexibilizado nas unidades de saúde do município de Sorocaba, seguindo nota técnica da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com a Prefeitura de Sorocaba, o acumulado total de casos confirmados da Covid-19 na cidade é de 153.193 até o momento, com mais de 3,2 mil mortes. Os dados começaram a ser computados ainda no início da pandemia, em 2020. Os números oficiais apontam que naquele ano a cidade teve no total 26.772 casos confirmados e 560 mortes. Já no ano seguinte, em 2021, os números mais do que dobraram em Sorocaba: 60.174 casos e 2.293 óbitos por Covid-19. A partir de 2022, os números começaram a baixar.
Foram confirmados 46.371 casos e 365 óbitos na cidade naquele ano. No ano passado, os números caíram ainda mais: foram 19.876 casos e 45 óbitos. Segundo a Prefeitura de Sorocaba, em relação aos óbitos registrados no ano passado por conta da Covid-19, dois casos foram da faixa etária de 20 a 29 anos; um de paciente entre 40 a 49 anos; três de 50 a 59 anos; e 39 casos de pessoas com mais de 60 anos.

Vacinação continua

Além das vacinas de rotina e da gripe, a vacinação contra a Covid-19 segue normalmente em Sorocaba, nesta semana, até amanhã (5), em 19 UBSs, das 8h às 18h. São elas: Aparecidinha, Brigadeiro Tobias, Carandá, Cerrado, Éden, Fiori, Habiteto, Haro, Hortência, Laranjeiras, Lopes de Oliveira, Márcia Mendes, Mineirão, Nova Sorocaba, São Bento, São Guilherme, Simus, Sorocaba 1 e Vitória Régia.

As demais UBSs continuam atendendo normalmente, das 8h às 16h. As vacinas Pfizer Baby, Pfizer Pediátrica e Pfizer Adulto são igualmente fornecidas aos respectivos públicos-alvos em todas as UBSs. A primeira dose de reforço da vacina Pfizer Bivalente está disponível para todas as pessoas com 18 anos ou mais.
O público-alvo da Pfizer Bivalente ainda inclui: profissionais da saúde; gestantes e puérperas; pessoas, a partir de 12 anos, vivendo em Instituições de Longa Permanência (ILPs), como casa de repouso, asilo, abrigo e residência inclusiva, e os trabalhadores dessas instituições; pessoas imunocomprometidas (transplantados, com HIV, pacientes oncológicos e pessoas com doença renal crônica em hemodiálise, por exemplo); além de comunidades indígenas, ribeirinhas e quilombolas.

Já a segunda dose de reforço da Pfizer Bivalente está disponível para pessoas com 60 anos ou mais e imunocomprometidas. Para a imunização com a Pfizer Bivalente, os munícipes que fazem parte do público-alvo precisam ter tomado, pelo menos, duas doses de qualquer vacina contra a Covid-19 (esquema vacinal primário completo), respeitando o intervalo de quatro meses da última dose recebida. Para a aplicação da primeira dose é necessário ter tomado duas doses de qualquer vacina contra a Covid-19, respeitando o intervalo de quatro meses da última dose recebida. Para tomar a segunda dose é necessário intervalo mínimo de seis meses da primeira dose da Pfizer Bivalente.

Embora as demais campanhas de vacinação coincidam com as aplicações contra a Covid-19, as vacinas podem ser administradas de maneira simultânea, sem necessidade de intervalo. Dentre as vacinas disponíveis, estão: Covid-19, Influenza (gripe), Meningocócica C e todas as outras que compõem o Calendário Nacional de Vacinação.

As vacinas serão aplicadas mediante apresentação de RG, CPF e comprovante de vacinação da dose já recebida. No caso de crianças com comorbidades e de pessoas com alto grau de imunossupressão, é necessário apresentar também laudo médico. No ato da imunização, as crianças precisam estar acompanhadas dos pais ou responsáveis e portando a Carteirinha de Vacinação, o documento de identidade e o CPF ou Cartão do SUS — todos estes documentos da própria criança.
Os pais ou responsáveis de crianças com comorbidades ou deficiências devem apresentar igualmente um comprovante da condição de risco delas. Sorocaba terá ação neste sábado (6) para a atualização da Carteira de Vacinação — incluindo doses da vacina contra a Covid-19 — das 8h às 14h, em 17 Unidades Básicas de Saúde (UBSs): Angélica, Brigadeiro Tobias, Cerrado, Éden, Escola, Fiori, Haro, Hortência, Laranjeiras, Lopes de Oliveira, Maria do Carmo, Maria Eugênia, Paineiras, Santana, Simus, Ulisses Guimarães e Vitória Régia.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Notícias Relacionadas

Deixar uma resposta