Robô promete construir sozinho os prédios do futuro

Pesquisadores do Laboratório de Sistemas Robóticos da ETH Zurich (Suíça) estão treinando uma escavadeira autônoma para ajudar o setor de construção civil do futuro. A ideia é que o robô-escavadeira consiga evoluir a ponto de construir sozinho edifícios inteiros. Por enquanto, a máquina tem como tarefa usar pedras para construir paredes – sem qualquer interferência humana.
No primeiro teste, o robô construiu uma parede com 6 metros de altura e 65 metros de comprimento. Segundo os cientistas, a máquina autônoma é uma solução para uma construção civil mais rápida e sustentável. Como explica o The Next Web, usando sensores LiDAR, o robô-escavadeira desenha de forma autônoma um mapa 3D do canteiro de obras e identifica os blocos de construção e pedras existentes para a formação da parede.
Ferramentas especificamente projetadas e um sistema de visão mecânica permitem que a escavadeira escaneie o terreno e agarre as pedras identificadas. Um algoritmo determina a melhor posição para cada pedra, e a escavadeira coloca cada peça no local desejado e com precisão. A máquina autônoma pode colocar de 20 a 30 pedras em uma única remessa.
O muro foi construído em um parque industrial próximo ao Aeroporto de Zurique, administrado pela construtora Eberhard. A empresa tem utilizado o local para testar várias tecnologias da ETH Zurich, especialmente para identificar processos mais sustentáveis para a construção civil.

A utilização de robôs-escavadoras também é um projeto que outros centros de pesquisa têm desenvolvido. A startup norte-americana Built Robotics, por exemplo, foi fundada em 2017 para comercializar esses robôs. Segundo o CEO da startup, Noah Ready-Campbell, equipamentos totalmente autônomos serão comuns nos canteiros de obras antes que os carros autônomos se tornem populares.

Fonte: https://epocanegocios.globo.com

Notícias Relacionadas

Deixar uma resposta