Vinicius Marchese toma posse na presidência do Confea

Ex-presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de São Paulo (Crea), o engenheiro em telecomunicações, Vinicius Marchese Marinelli, eleito para presidir o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), até dezembro de 2026, tomou posse nesta quarta-feira (13). Com quase 90 anos de existência, a entidade congrega 1.121.628 profissionais, número comparado a cidades de porte médio do Brasil, como a capital do Estado de Alagoas, Maceió.
Juntamente com Marchese, tomaram posse os novos conselheiros federais, durante sessão na sede do órgão em Brasília. Com o plenário lotado, a cerimônia foi prestigiada por presidentes de Creas, conselheiros federais suplentes, ex-conselheiros, diretores da Mútua, funcionários do Confea e convidados se integraram aos conselheiros federais e ainda aos representantes eleitos que tomavam posse.

A cerimônia de posse foi conduzida pelo vice-presidente do Confea, eng. eletric. Evânio Nicoleit, em decorrência da posse do presidente Joel Krüger, como um dos conselheiros federais eleitos. Os empossados foram eleitos em processo realizado em 17 de novembro. Os mandatos serão desempenhados a partir de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2026.

Conselheiros prestigiaram a cerimônia que lotou o plenário do Confea
Conselheiros prestigiaram a cerimônia que lotou o plenário do Confea

A data coincidiu com o Dia do Engenheiro Avaliador e do Perito de Engenharia, cujos profissionais foram homenageados por meio do ex-presidente do Confea e ex-presidente do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias – Ibape eng. civ. Wilson Lang.
O presidente do Confea, eng. civ. Joel Krüger, registrou ainda o Dia do Engenheiro de Pesca, a ser comemorado no dia seguinte, homenageando a presidente eleita do Crea-AM, eng. pesca Alzira Miranda, primeira desta modalidade a assumir um regional em todo o Brasil.  Os presidentes de Crea e diretores administrativos e financeiros da Mútua são empossados pelos respectivos regionais.

Presidente do Confea, Vinicius Marchese Marinelli receberá sua posse "política" durante o Encontro de Líderes, em fevereiro
Presidente do Confea, Vinicius Marchese Marinelli receberá sua posse “política” durante o Encontro de Líderes, em fevereiro

Credibilidade
Décimo sétimo presidente do Confea, o engenheiro de telecomunicações Vinicius Marchese Marinelli agradeceu o apoio de sua mãe, Sílvia Marinelli, e à namorada Mayara Delatorre, ambas presentes à cerimônia. “Participei de diversos processos eleitorais, e esse processo foi simples, fácil, não foi turbulento. Parabéns à Comissão Eleitoral Federal, isso faz uma diferença muito grande, parabéns a todos os conselheiros federais. Obrigado a todos os presidentes de Crea pela parceria, podem ter certeza de que o trabalho será focado pela necessidade de cada regional”, disse, referindo-se ao apoio da presidente eleita do Crea-SP, eng. civ. Ligia Mackey, e ao presidente do Crea-MG, eng. civ. Lucio Borges. “Não estaria aqui sem você”, frisou, agradecendo ainda às entidades de classe, aos colaboradores do Crea-SP. “Obrigado por vocês acreditarem em todos os processos desenvolvidos. Agradeço ao Mamede (Dehn Jr, vice-presidente do regional) pela tranquilidade que foi me licenciar nos três meses”, comentou.

Continuidade às mudanças conduzidas pelo presidente Joel Krüger será prioridade para o mandato de Vinicius Marchese a partir de janeiro
Continuidade às mudanças conduzidas pelo presidente Joel Krüger será prioridade para o mandato de Vinicius Marchese a partir de janeiro

A credibilidade do Sistema foi destacada pelo presidente. “Obrigado aos colaboradores do Confea pelo trabalho desenvolvido. Os profissionais precisam do Sistema para manter essa credibilidade. O grande desafio de todos aqui é entender como fazer isso. Foram quase 63 mil votos que depositaram confiança no que a gente propôs.
A responsabilidade que nós temos é muito grande, mas tenho certeza de que, com o material humano que a gente dispõe, conseguiremos fazer, mas precisamos de comprometimento, que tenho certeza que teremos. Sou uma pequena parcela desse discurso que precisaremos atender. Para finalizar, agradecer ao presidente Joel Krüger pela maturidade que temos hoje, em relação a outros momentos.
Se hoje temos possibilidade de mudança estrutural do Sistema é graças à pavimentação do caminho que você desenvolveu. Não tenho dúvida de que, se essa possiblidade de mudanças existe, é graças a esse trabalho iniciado por você. Qualquer entrega dos próximos três anos você fará parte dela. Posso me comprometer a muita dedicação e trabalho, vai ser uma honra compartilhar os próximos três anos com vocês”, ressaltou.

 

Presidente Joel Krüger destacou a tranquilidade da transição e desejou sucesso ao presidente Vinicius Marchese
Presidente Joel Krüger destacou a tranquilidade da transição e desejou sucesso ao presidente Vinicius Marchese

Tranquilidade
Joel Krüger destacou a condução do processo eleitoral. “Tivemos um processo absolutamente tranquilo, econômico, eficaz e que deu a oportunidade a esse profissional que quis exercer o voto de qualquer lugar do planeta. Isso é algo importante e é uma das grandes entregas que a gente deixa, pela tranquilidade com que foi conduzido esse processo. E também pela tranquilidade com que estamos encerrando o mandato, representada pela leveza desta cerimônia, algo que não pude ter em minha posse. Essa tranquilidade é um legado dos conselheiros federais e que teremos, conselheiros eleitos que tomaram posse, que continuar contigo, Vinicius. Buscamos mudanças e, se algumas não foram possíveis de ser implementadas, tenho certeza que você, Vinicius, terá condições de realizar com o apoio dos nossos pares”, disse, referindo-se ao já presidente Vinicius Marchese.

Engenheiros agrônomos Rosembergue Bragança (suplente) e João Bridi (titular) recebem certificado de posse acompanhados pelo vice-presidente Evânio Nicoleit
Engenheiros agrônomos Rosembergue Bragança (suplente) e Álvaro João Bridi (titular) recebem certificado de posse acompanhados pelo vice-presidente Evânio Nicoleit

Integração
Conselheiro federal pelo Espírito Santo, o engenheiro agrônomo Álvaro João Bridi destacou sua caminhada no Sistema e o trabalho “brilhante” do presidente do Crea-ES, eng. agr. Jorge Silva. “Foi uma gestão compartilhada e inovadora. Nossa chapa também busca a inovação e a valorização profissional. O Crea-ES passou a ter visibilidade, sua arrecadação cresceu 300%. Hoje os profissionais têm orgulho de serem registrados no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia. Viemos aqui para somar, fazendo uma gestão compartilhada com os nossos pares”. Já o conselheiro federal suplente, eng. agr. Rosembergue Bragança, elogiou a gestão do presidente Joel e do presidente Jorge Silva, cuja chapa foi eleita, e colocou seu mandato à disposição em favor da integração entre o Sistema e a academia.

Conselheiros pelo Crea-RN, os engenheiros civis Ana Adalgisa e Emerson Cruz, estiveram acompanhados pelo presidente eleito do Crea-RN, eng. eletric. Roberto Wagner
Conselheiros pelo Crea-RN, os engenheiros civis Ana Adalgisa e Emerson Cruz, estiveram acompanhados pelo presidente eleito do Crea-RN, eng. eletric. Roberto Wagner (à dir.)

Fé e representatividade
Primeira mulher eleita conselheira federal pelo Crea-RN, a atual presidente do regional, eng. civ. Ana Adalgisa, e o conselheiro suplente eng. civ. e eng. seg. trab. Emerson Cruz agradeceram a confiança dos profissionais que os elegeram. Ana destacou a sua fé em Santa Luzia, padroeira de Mossoró, sua cidade. “É uma emoção e um desafio. Espero que tudo o que ouvi ao longo de seis anos como presidente de Crea, eu possa trazer para este plenário para que a gente reflita o papel dos profissionais enquanto conselheiros federais. Vou estar junto com o presidente Vinicius e demais conselheiros para que a engenharia ocupe um lugar nacional, a gente faça parte das decisões que impactem o desenvolvimento do Brasil, sejamos protagonistas, vamos ouvir a sociedade e ser o maior conselho de profissionais do mundo”, disse, agradecendo os 65% dos votos obtidos durante a eleição. “A engenharia é fantástica, atua em diversas áreas e ser conselheiro federal é um sonho de muitos profissionais que atuam na Engenharia Civil. O Crea-RN teve um avanço muito grande na gestão da Ana e aceitei esse compromisso para tentar somar não só com os profissionais do Rio Grande do Norte, mas com os profissionais de todo o país”, disse Emerson Cruz, dedicando a conquista à sua família.

Engenheiro eletricista Flávio de Souza Fernandes, ao lado do presidente do Crea-GO, Lamartine Moreira, durante sua posse no Confea
Engenheiro eletricista Flávio de Souza Fernandes, ao lado do presidente do Crea-GO, Lamartine Moreira, durante sua posse no Confea

Protagonismo
O conselheiro federal suplente pelo estado de Goiás, eng. eletric. Flávio de Souza Fernandes, agradeceu a todos os que depositaram sua confiança no projeto conduzido ao lado do titular, eng. eletric. Célio de Oliveira. “Fui servidor do Crea-GO, de agente de fiscalização a chefe de gabinete. A engenharia me levou a outros caminhos, fui exercê-la em outros locais. Mas retornei como conselheiro regional e diretor de Mútua e com grande honra estou aqui disposto a trazer o Sistema ao protagonismo que a Engenharia merece ter. Temos que melhorar a imagem do conselho”, disse.

Presidente Vinicius Marchese e presidente eleita do Crea-SP, Lígia Mackey, acompanharam a posse do geólogo Ronaldo Filgueira (suplente) e do eng. prod. Daniel Robles (titutlar)
Presidente Vinicius Marchese e presidente eleita do Crea-SP, Lígia Mackey, acompanharam a posse do geólogo Ronaldo Filgueira (suplente) e do eng. prod. Daniel Robles (titular)

Responsabilidade
Eleitos pelo Crea-SP com 75% dos votos, o engenheiro de produção Daniel Robles e o geólogo Ronaldo Filgueira destacaram o reconhecimento aos conselheiros federais que encerram seus mandatos no regional paulista. “Não menor que nossa alegria, é o nosso senso de responsabilidade com o nosso trabalho para que os profissionais possam se sentir representados por este conselho. Temos o compromisso em apoiá-lo nesse trabalho e fazer acontecer em 2024”, disse Daniel, referindo-se ao mandato do presidente Vinicius Marchese. Já Ronaldo agradeceu o apoio do presidente Joel em uma campanha que rodou 110 municípios. “Sentimos a necessidade de fortalecer o Sistema. Sou o primeiro geólogo a ocupar esse espaço pelo Estado de São Paulo. Desenvolvemos aqui junto ao Confea o Acordo de Cooperação com a Defesa Civil Nacional e nos colocamos à disposição para apoiar o Daniel e o presidente Vinicius”, disse, agradecendo ao apoio dos familiares.

Conselheiros federais Joel Krüger e Osmar Barros Júnior representarão as instituições de ensino de Engenharia a partir de 2024
Conselheiros federais Joel Krüger e Osmar Barros Júnior representarão as instituições de ensino de Engenharia a partir de 2024

Gratidão 
O presidente do Confea eng. civ. Joel Krüger expôs, na condição de conselheiro empossado representando as instituições de ensino de Engenharia, que, sua representação como professor universitário é um “coroamento” da discussão desenvolvida ao longo de toda a sua atividade sobre o tema da educação. “Nossa preocupação é com a qualidade da formação, a qualidade do exercício da Engenharia. Esse é o nosso objetivo”, disse o professor universitário, agradecendo o apoio recebido durante a campanha. “Vamos estar irmanados neste plenário, fechando um ciclo com todos os presidentes de Crea para conduzir os trabalhos. Gratidão a todos”. Seu suplente, que já havia exercido o mandato de conselheiro federal na mesma representação, eng. civ. Osmar Barros Júnior, também ex-superintendente de Integração do Sistema, durante a gestão de Joel, agradeceu a confiança do presidente Joel para compor a chapa. “Tenho certeza de que vamos fazer um mandato muito bom aqui”, disse, agradecendo ao apoio obtido e parabenizando o processo eleitoral virtual. “Vou melhorar muito graças ao aprendizado obtido com os funcionários do Confea”, acrescentou Osmar.

Engenheiro florestal Nielsen Christianni representará o Crea-PE ao lado da engenheira agrônoma Luísa Peruniz. Presidente do regional, Adriano de Lucena acompanhou a cerimônia
Engenheiro florestal Nielsen Christianni representará o Crea-PE ao lado da engenheira agrônoma Luísa Peruniz. Presidente do regional, Adriano de Lucena acompanhou a cerimônia

Políticas públicas
Eleito pelo Crea-PE, o engenheiro florestal Nielsen Christianni colocou seu mandato à disposição do presidente do Confea, Vinicius Marchese. “Agradeço aos eleitores que permitiram estarmos aqui nessa representação.  Nossa gratidão por nos honrar com esse mandato e pela confiança de que possamos contribuir com seus anseios nessa jornada para que possamos dar contribuições à dinâmica econômica do país, para que possamos incidir sobre as políticas públicas do país. Conduzidos pelo presidente Adriano de Lucena, como superintendente durante esses três anos, podemos desenvolver ações como alternativas e soluções para temas como a energia limpa e a produção de alimentos. Quem deve falar sobre esses temas é o nosso sistema profissional. Esse é o compromisso que temos com a população em busca do desenvolvimento sustentável do país”, disse, destacando os programas Crea Qualifica e Crea Desenvolve. “Gostaria de parabenizar o presidente e os conselheiros e desejar boa sorte. Será um desafio como mulher, empresária e engenheira, quero ser um exemplo para várias profissionais na minha região. As engenharias, as áreas tecnológicas e as geociências são fundamentais para a sociedade e o desenvolvimento do país”, disse a suplente eng. agr. Luísa Ramodrigues Peruniz, agradecendo a confiança manifestada pelos profissionais pernambucanos.

Novos tempos para o Confea: triênio sob a gestão de Vinicius Marchese inicia com o respaldo dos profissionais e lideranças do Sistema
Fonte: Confea

Notícias Relacionadas

Deixar uma resposta